Notícias Esporte Você Comunidade

ROUBO DE VEÍCULOS

Quadrilhas especializadas agem em várias etapas

Círio
Publicidade

Segunda-feira, 18/10/2010, 05h27

Romaria Castanhal Apeú reúne 200 mil devotos

Tamanho da fonte:

Foi realizada na manhã deste domingo (17) no município de Castanhal, nordeste do estado, a Romaria Castanhal Apeú em homenagem a Nossa Senhora de Nazaré, atualmente, considerada a maior romaria do interior do estado. Em sua 12ª edição os organizadores estimam que mais de 200 mil devotos prestaram suas homenagens a padroeira do Pará. Durante a romaria foi feita a inauguração da porta de cobre da catedral Santa Maria Mãe de Deus.

A romaria iniciou em 1998, após a propagação da notícia de que a imagem de Nossa Senhora, que pertencia a uma família da Vila de Apeú, teria chorado lágrimas de sangue. O fenômeno teria ocorrido, pela primeira vez, no dia 15 de março de 1996, quando a imagem teria chorado lágrimas de sangue por três dias consecutivos. Em 27 de março do mesmo ano a Santa voltou a derramar lágrimas normais por dois dias. Na época, devotos de toda a região passaram a frequentar a Capela Santuário onde atualmente a imagem permanece o ano inteiro.

Em Castanhal a berlinda é uma réplica da Maria Fumaça, trem que promoveu o progresso e desenvolvimento de grande parte da região nordeste do Pará. O trem fazia a rota da estrada de ferro Belém/Bragança.

O terceiro domingo de outubro tem, para Castanhal, o mesmo significado que o segundo domingo tem para todo o Estado do Pará, com o Círio de Nazaré. Muitos romeiros cumpriram a caminhada para agradecer os pedidos atendidos por Nossa Senhora. Foi o caso do ajudante de depósito Rubens Paixão de Souza, 35 anos, que foi vítima de acidente. “Eu sofri um acidente na BR-316, no dia do Círio do ano passado e machuquei muito a cabeça e eu pedi a minha recuperação. Hoje eu vim aqui para pagar minha promessa”, afirmou.

A romaria deste domingo teve início às 06h com uma intensa queima de fogos que marcou a saída da imagem da Igreja Matriz, a Paróquia de São José, para a primeira etapa da grande caminhada. Ela seguiu pela avenida Barão do Rio Branco até a Catedral Santa Maria Mãe de Deus, na avenida Major Wilson, onde o bispo diocesano Dom Carlos Verzelletti, Monsenhor Gabriel e o padre Napoleão, realizaram a missa campal para milhares de fiéis.

Este ano durante a missa foi inaugurada a porta principal da Catedral Santa Maria Mãe de Deus. A catedral é uma das maiores obras da igreja católica na região, que deve ser concluída no ano que vem. A porta mede 10 metros de altura por 1,20m de largura e pesa 2.500 quilos de puro cobre.

A obra de arte foi uma doação de dois italianos, dona Catarina e padre Antonio, em memória de seus pais. Ela foi produzida na Itália e instalada na última semana na entrada da catedral. A oponente obra de arte foi uma realização do escultor italiano Mateu Ferrari. A porta só voltará a ser aberta no dia 27 de fevereiro, data em que está prevista a inauguração oficial da catedral. Na data também deve ser inaugurado o altar. Para a festa já está confirmada a presença do delegado enviado do Papa Bento XVI, o cardeal João Batista, além de bispos de vários lugares.

“O principal objetivo da porta é representar a “porta estreita” que é a “porta do céu”. Nela está desenhada Jesus, o “Bom Pastor”, e mais uma vez a porta estreita, que é a cidade de Jerusalém. Logo em seguida vem a imagem de Deus Pai, que não é uma imagem de Deus velho e sim de Deus jovem, porque Deus não tem idade”, explicou Erasmo Freitas, responsável pela Pastoral da Comunicação.  

Após a missa, às 08h30, teve início a grande caminhada em direção ao Santuário de Nazaré, na Vila de Apeú. A romaria durou cerca de 3 horas e foi a mais rápida de últimos anos. Por volta das 11h a imagem foi retirada da berlinda na “Maria Fumaça” para ser erguida nas escadarias da capela. O momento foi marcado pela forte emoção dos fiéis. A imagem foi mantida em frente à capela para que todos os devotos pudessem passar por ela para agradecer ou prestar homenagens. 

A organização que garantiu mais agilidade no trajeto de oito quilômetros foi resultado do esforço conjunto de uma enorme equipe. Este ano cerca de 200 pessoas, entre equipe de apoio e coordenadores de várias paróquias, estiveram envolvidas na organização da romaria. Pela primeira vez a diocese em parceria como Corpo de Bombeiros teve a chance de possibilitar treinamentos para voluntários que atuaram em 11 equipes da Cruz Vermelha no atendimento aos devotos. Cada grupo teve um soldado do exército como responsável e o resultado foi satisfatório para o primeiro ano. 

Além disso, mais de 300 homens do 5º Batalhão de Polícia Militar, 2º Grupamento de Bombeiros Militar, Exército Brasileiro (Tiro de Guerra), Guarda Municipal de Castanhal e Agentes de Trânsito e Transporte, atuaram de forma intensa para garantir a segurança dos romeiros e o bom andamento no trajeto.  (Diário do Pará)

Aguarde, carregando notícias relacionadas...

Siga-me

Lojas do Tem! (Classificados)


IT Center
Shopping Pátio Belém - 2o piso
Shopping Castanheira - 1o piso
Gaspar Viana, nº 778
Yamada Plaza (Av. Gov. José Malcher)
Yamada Plaza (Castanhal)
Formosa Duque (Subsolo)
Formosa Cidade Nova (Subsolo)
RBA - Av. Almirante Barroso, 2190


Call Center Tem! (Classificados)
(91) 4006-8000

Fale Conosco

(91) 3084-0100

Central do Assinante

(91) 4006-8000

Endereço

Av. Almirante Barroso, 2190
CEP 66095.000 - Belém-PA

Redação


(91) 3084-0119
(91) 3084-0120
(91) 3084-0126
(91) 3084-0100

Ramais: 0209, 0210 e 0211

Twitter