Notícias Esporte Você Comunidade

INSEGURANÇA

Moradores do Guamá vivem rotina de medo

Bola
Publicidade

Segunda-feira, 27/06/2011, 04h06

O bonito canto da torcida do galo...

Tamanho da fonte:

Antes mesmo do início do jogo, a torcida do Paysandu teve uma prévia de quanto a decisão seria sofrida. Longas filas e tumulto para entrar nos portões que davam acesso à área interna do Mangueirão. “Tá uma confusão para entrar aqui”, dizia o torcedor Lucas Silva a um policial militar. “Acho que eles pensaram que não daria muita gente”, completou.

Sufoco na entrada, festa na arquibancada com os gritos de “Uh, é caldeirão!” e a bandeira de oito mil metros estendida sobre as cabeças de milhares de torcedores. A pequena torcida do Independente também demonstrava animação. Sob o coro de “Galoooo, galooo”, os tucuruienses incentivavam seu time.

Quem vibrou primeiro com um gol foi a maioria. O grito ecoou no Mangueirão aos 12 minutos. Mas, o delírio maior foi da minoria na virada de 3 a 1. “Estamos mostrando a força do interior. O Papão vai virar galinha”, dizia Davi Teixeira, o torcedor do Independente que trouxe um mascote do time de Tucuruí esculpido em isopor. “A torcida quebrou o pé dele na hora da festa do gol”, disse Davi.

Os torcedores que enfrentaram mais 300km, em 10 ônibus fretados, só pensavam na festa do título. “Tem mais de oito mil pessoas acompanhado o jogo na escadinha de Tucuruí e esperando a nossa chegada”, revelou Teixeira. Tanto era o clima de festa que até mesmo os cartões amarelos distribuídos pela arbitragem eram comemorados como um gol. “O Mangueirão é nosso”, era o que, a essa hora, se ouvia na torcida verde e branca.

Depois das cobranças de pênaltis, o grito de campeão saiu da garganta sem hesitação. Muitos se abraçavam, outros pulavam e alguns simplesmente olhavam para o gramado como se não acreditassem. Mas era verdade: o Independente se tornou o primeiro time do interior campeão paraense da história. “Isso é como se fosse uma libertação para todos nós”, resumiu o torcedor Hyldo Junior.

DO LADO BICOLOR

A caminhada lenta na descida da rampa dos torcedores do Paysandu era a imagem do sentimento da torcida. “Fracasso, frustração, desilusão, sei lá. Não sei muito bem explicar essa incompetência dentro de campo”, disse Sandro Augusto. “Isso porque eles treinaram pênalti essa semana, imagina se não tivessem feito isso. Parecia tiro de meta”, indignou-se o torcedor .

Em Tucuruí, a festa só começou

Quando o árbitro Clauber José Miranda apitou o final da partida, os oito mil torcedores que acompanhavam a final do Campeonato Paraense nas escadarias de Tucuruí pularam como loucos, comemorando o título inédito do Independente, que não tomou conhecimento do todo poderoso Paysandu.

Nesse momento, começou a se formar uma grande carreata que percorreu as principais ruas da cidade num buzinaço sem fim. A festa foi grande e varou a noite da cidade iluminada. E não acabou ainda. A comemoração continua hoje. A felicidade e o orgulho do torcedor estarão completos quando os guerreiros do “Galo Elétrico” chegarem em Tucuruí, para, finalmente, comemorarem nos braços da torcida.

O que se espera é uma verdadeira apoteose. Os torcedores partirão em caravana para a hidrelétrica, que é o símbolo de Tucuruí e fica bem na entrada da cidade. Ali, os jogadores, já com troféu na mão, serão recebidos pelos torcedores.

A previsão é de que os jogadores desfilem em carro aberto pelas principais vias e se concentrem na famosa escadaria, palco do carnaval de Tucuruí. Lá mesmo, onde os oito mil fanáticos sofreram durante os 90 minutos de jogo. A festa será das grandes, como tem que ser. Afinal de contas, a partir de agora, o nome do time e da cidade estão escritos para sempre na história.  (Diário do Pará)

Comentários Recentes

  • wellington patrick disse: Comentário postado em 28/06 Terça-feira às 00:09h "parabens independete de tucurui pelo titulo que vc acaba de galhar parabens tambem pelo remo etambem para payssandu que vergolha perde para um teme que tem apenas 2 anos de idade nao sabe ler nao sabe escrever mais uma palavra ele sabe diser ecampeao vou falar de novo ecampeao esse eo espreso 22 parabens galo eletrico valeuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu "
  • josue disse: Comentário postado em 27/06 Segunda-feira às 11:48h "eu falei que o Galo Malvado iria detonar esse timinho galooo galooo galoooo...................................."
  • josue disse: Comentário postado em 27/06 Segunda-feira às 08:19h "eu avisei que o galo iria massacrar não venham com desculpa 2012 não será diferente aguardem agora é serie D e correr pro abraço galoooooooo.........."
Mostrar mais comentários [+]
Siga-me

Lojas do Tem! (Classificados)


IT Center
Shopping Pátio Belém - 2o piso
Shopping Castanheira - 1o piso
Gaspar Viana, nº 778
Yamada Plaza (Av. Gov. José Malcher)
Yamada Plaza (Castanhal)
Formosa Duque (Subsolo)
Formosa Cidade Nova (Subsolo)
RBA - Av. Almirante Barroso, 2190


Call Center Tem! (Classificados)
(91) 4006-8000

Fale Conosco

(91) 3084-0100

Central do Assinante

(91) 4006-8000

Endereço

Av. Almirante Barroso, 2190
CEP 66095.000 - Belém-PA

Redação


(91) 3084-0119
(91) 3084-0120
(91) 3084-0126
(91) 3084-0100

Ramais: 0209, 0210 e 0211

Twitter