Notícias Esporte Você Comunidade

POLIO E SARAMPO

Pará não atingiu meta de vacinação

Pará
Publicidade

Segunda-feira, 03/10/2011, 08h13

Governo inaugura hoje hospital com 80 leitos

Tamanho da fonte:

Mais 80 novos leitos nas áreas de clínica médica e cirurgia geral para atendimento de média e alta complexidade em Belém. Esse é apenas um dos benefícios oferecidos à população paraense a partir de hoje, com a entrega do Hospital Dr. Jean Bitar, localizado na rua Jerônimo Pimentel.

Construído dentro dos mais modernos padrões de hotelaria hospitalar, reconhecidos e aprovados pelo Ministério da Saúde, o novo hospital foi projetado a partir do conceito de hotelaria hospitalar, com uma estrutura que oferece conforto e comodidades aos pacientes, como o serviço de camareira; tecnologia de ponta, presente nos equipamentos médicos e na estrutural predial, e atendimento médico humanizado.

O hospital funcionava como uma unidade hospitalar particular até ser desapropriado, em agosto deste ano, pelo governador Simão Jatene. Pesou na decisão a necessidade urgente de aumentar a quantidade de leitos disponíveis pelo Sistema Único de Saúde (SUS), já que, nos últimos quatro anos, não houve acréscimo de nenhum novo leito estadual ao SUS, segundo o governo. No hospital, o governo investiu R$ 43 milhões, entre aquisição do prédio e compra de equipamentos.

O hospital já possui a certificação de excelência em atendimento reconhecida pelo Ministério da Saúde e sua administração - que compreende os serviços, a equipe funcional, manutenção e custos - ficará a cargo do Hospital Ophir Loyola.

Há um mês internada no Ophir Loyola, Estela da Silva Moraes, 60 anos, ficou surpresa ao saber da entrega do novo hospital. “Fico muito contente com a iniciativa do governo do Estado de entregar esse hospital para a população, pois eu, como uma pessoa que precisa de cuidados especiais, sei o quanto é importante poder contar com o atendimento hospitalar público”.

“Com esse novo hospital, o atendimento na área de saúde pública do Pará ganhará em modernidade e humanização. Uma proposta que já começou a ser adotada no “Ophir Loyola” com a entrega da Unidade de Atendimento Imediato (UAI), no último dia 28, e nas áreas de nefrologia e transplante”, explica Graça Jacob, diretora geral do Ophir Loyola.

LEITOS

O Jean Bitar, que será inaugurado pelo governador Simão Jatene, terá 80 leitos de internação para atendimento em cirurgia geral, com os seguintes serviços: cirurgia da parede abdominal, cirurgia gástrica (incluindo a bariátrica), no fígado, pâncreas e vias biliares, e na área intestinal. Já a clínica médica disponibilizará serviços especializados nas áreas de endocrinologia, cardiologia, pneumologia e nefrologia.

A infraestrutura do hospital dispõe ainda de oito leitos na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), sete leitos para pronto atendimento, sete salas de cirurgia, 10 consultórios, serviços de diagnóstico por imagem, endoscopia, laboratório clínico e farmácia. Graça Jacob explica que o hospital está se preparando para, até 2012, realizar transplante de fígado. Será o primeiro do Estado a realizar esse procedimento.

O Centro Jean Bitar beneficiará também pacientes da Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, em uma área exclusiva, composta de Unidades de Tratamento Intensivo, Neonatais e Pediátricas. Para esse atendimento, haverá uma estrutura de cinco UTIs pediátricas, 10 UTIs neonatais e cinco leitos no berçário.

Benefícios chegam ao Ophir Loyola

Os benefícios se estendem ainda a pacientes em tratamento de câncer no Ophir Loyola. Atualmente, as demandas nas áreas de clínica médica e cirurgia geral de média e alta complexidade são atendidas no Hospital Ophir Loyola, e com a transferência desses pacientes haverá mais 47 leitos para tratamento que serão disponibilizados aos pacientes de oncologia. Graça Jacob informa que, ao desocupar esses leitos, o local será reformado e, dentro de 45 dias, já poderá receber novos pacientes.

O chefe do Departamento de Clínica Médica do “Ophir Loyola”, Salomão Kawage, explica que a transferência dos pacientes para o hospital Jean Bitar será benéfica em diversos aspectos. “Primeiro, em termos de conforto para os pacientes, que irão dispor de serviços de hotelaria, como o atendimento por camareiras, e mais privacidade, já que há apenas dois leitos por enfermaria, diferente das demais que possuem vários leitos. Também destaco a formação dos nossos residentes, que agora poderão fazer todas as especialidades clínicas dentro de um único hospital”, ressalta Kawage.

FORMAÇÃO

O médico explica que essa nova formação de profissionais resultará em um grande avanço nas ações de capacitação de mão de obra especializada na região, pois os profissionais não contam com uma estrutura hospitalar que reúna todas as especialidades. “Como também somos um hospital de ensino precisamos proporcionar essa formação integrada”, diz.

Kawage também destaca o avanço na contratação de mais profissionais especializados para o atendimento público, nas especialidades de endocrinologia, pneumologia, reumatologia e cardiologia.

Para Salomão Kawage, com a entrega do Hospital Dr. Jean Bitar a população poderá observar os avanços na área de saúde pública do Estado, com um atendimento mais ágil, humanizado e com melhor e maior estrutura física e profissional. “Iremos oferecer a qualidade de serviços de um atendimento privado, dentro de um hospital público”, conclui o médico.

INFRAESTRUTURA

Terraço:
Sala de máquinas (elevadores, caixa d’água);

9º andar: Sala de manutenção (bomba de incêndio, extintores, etc.);

8º andar: Salas administrativas: contas médicas, setor de pessoal, sala de monitoramento das câmeras, sala de treinamento, setor financeiro, farmácia, CCIH;

7º andar: Consultórios médicos;

6º andar: Santa Casa, Centro Hospitalar Jean Bitar - Centro de Endoscopia e de Procedimentos Especiais (biópsias);

5º andar: Clínica médica;

4º andar: Clínica médica;

3º andar: Cirurgia geral;

2º andar: Transplante de fígado, cirurgia geral, solarium;

1º andar: UTI adulto, centro cirúrgico, centro de material de esterilização, posto de enfermagem, estar médico e estar de enfermagem;

Térreo: Recepção do hospital, SAC, sala de nutrição (refeitório, sala de hortifruti, sala de lavagem), sala de distribuição de alimentos e sala de preparo de alimentos, despensa, sala da chefia, sala de administração, laboratório clínico, sala de sutura, sala de curativo sala de aerosol, sala de ultrassom, sala de raios X, consultório 01, consultório 02, consultório 03, pronto atendimento;

Subsolo: Tanque que abastece o gerador, grupo gerador, tanque de ar comprimido, bomba d’água;

Recursos humanos: 240 pessoas: 70 concursados e equipe remanejada que já compunha o quadro do hospital.

(Agência Pará)

Comentários Recentes

  • oliveira disse: Comentário postado em 03/10 Segunda-feira às 21:06h "Todo mundo fica feliz com uma dessas notícias! mas, não é bem assim, será que vai ter funcionários treinados e bem remunerados para atender bem o público? Não é só inaugurar hospitais... têm que supri-lo e mantê-lo em condições adequada."
  • Bola cheia, governador!!! disse: Comentário postado em 03/10 Segunda-feira às 17:16h "Ainda não é o suficiente, mas já vai dar ótimo suporte. E aquele antigo hospital da PM na Dom Romualdo de Seixas, que seria exclusivo para hemodiálises, ainda está na planilha??? E por que não desapropriar tb o velho Sírio Libanes, que jaz às traças lá na Duque."
Mostrar mais comentários [+]
Siga-me

Lojas do Tem! (Classificados)


IT Center
Shopping Pátio Belém - 2o piso
Shopping Castanheira - 1o piso
Gaspar Viana, nº 778
Yamada Plaza (Av. Gov. José Malcher)
Yamada Plaza (Castanhal)
Formosa Duque (Subsolo)
Formosa Cidade Nova (Subsolo)
RBA - Av. Almirante Barroso, 2190


Call Center Tem! (Classificados)
(91) 4006-8000

Fale Conosco

(91) 3084-0100

Central do Assinante

(91) 4006-8000

Endereço

Av. Almirante Barroso, 2190
CEP 66095.000 - Belém-PA

Redação


(91) 3084-0119
(91) 3084-0120
(91) 3084-0126
(91) 3084-0100

Ramais: 0209, 0210 e 0211

Twitter