Notícias Esporte Você Comunidade

INSEGURANÇA

Moradores do Guamá vivem rotina de medo

Pará
Publicidade

Quarta-feira, 23/01/2013, 06h06

Reajuste salarial para mais de 93 mil servidores

Tamanho da fonte:

Para 93.950 servidores públicos civis e militares do Pará, o contra-cheque de janeiro vem com aumento. Os reajustes contemplam 88% do total de servidores do Estado. O impacto na folha de pagamento do Governo do Estado no primeiro mês de 2013 comparado a dezembro do ano passado é de R$ 15.113.000,00.

A medida beneficia 24.416 professores e 4.309 especialistas em educação da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) e 1.250 docentes da Universidade do Estado do Pará (Uepa). O reajuste do piso nacional de salários do magistério foi de 7,99%, utilizando como base o percentual de aumento do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb). No ano passado, o percentual de reajuste foi de 22,22%.

Segundo o governo federal, o Fundeb pode ajudar a custear os aumentos. A receita do Fundo, prevista para este ano, é de R$ 1 bilhão e 635 milhões. No entanto, o governo estadual calcula déficit. “Teremos que cobrir R$ 408 milhões da folha do Fundeb para arcar com o reajuste”, afirmou Alice Viana, secretária de estado de Administração.

Para honrar o compromisso, o governo vai utilizar o crescimento significativo de 15% no recolhimento do Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS). A secretária afirma que o Estado vai pagar os percentuais de aumento “apesar do contexto adverso de queda no repasse do Fundo de Participação dos Estados (FPE)”. Viana atribui a possibilidade de custeio à capacidade de arrecadação própria e gestão fiscal do Estado.

“É o cumprimento do compromisso assumido pelo governador Simão Jatene para valorizar a carreira do professor no Estado. Já no mês de janeiro estaremos reajustando os salários de todo o corpo docente, em todos os níveis, de acordo com regulamentação do MEC”, frisou Alex Fiúza de Melo, secretário especial de estado de Promoção Social. A prioridade no pagamento, segundo ele, consiste na condição básica para melhorar a qualidade do ensino. “Tivemos que reajustar o orçamento”, completou. A receita corrente líquida do Estado não ficou comprometida.



PROFESSOR

Com a medida, o salário base de um professor fica em R$ 4.569,00. “O salário de entrada no Estado de um professor com nível superior, que representa a maior parte dos docentes, vai passar para R$ 3.909,95”, estima Fiúza. “Para docentes do Sistema Modular de Ensino (Some), a remuneração pode chegar a mais de R$ 12 mil”.

Segundo dados repassados em coletiva de imprensa realizada ontem, no Centro Integrado de Governo (CIG), o Pará tem a 7ª melhor remuneração de professores do país.



SALÁRIO MÍNIMO

Somente o reajuste de 9% no salário mínimo, que beneficia 50 mil servidores públicos estaduais – correspondente a 47% do total – vai provocar aumento de R$ 3 milhões e 760 mil na folha deste mês. O reajuste de janeiro estende-se também aos praças da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, ativos e inativos, que tiveram adição salarial de 9%. Ao todo, 14.700 militares terão reajuste.

Em abril, mês em que calcula- se o “data base” da maior parte das categorias, os 12% dos servidores públicos estaduais restantes devem receber aumento, como por exemplo, funcionários de nível operacional, profissionais da saúde e policiais civis.

(Thamires Figueiredo/Diário do Pará)

Comentários Recentes

  • professor do SOME disse: Comentário postado em 23/01 Quarta-feira às 22:35h "sou professor do SOME desde 1992, e o meu salario ainda não chegou aos 9.000,00 bruto. Gostaria de deixar uma mensagem ao Professor Alex Fiúza, sobre a sua nota diário de hoje, que se refere ao salario do professor do SOME que pode chegar até mais de 12.000. Ele está equivocado, nem mesmo com esse reajuste chegarei aos 9.000,00. portanto, gostaria de mostrar se for possível o meu contra cheque, até porque IR. leva uma boa parte desses proventos, principalmente de uma gratificação que serve para os custos das despesas do professor que tem que se sustentar, nas vilas dos municipios onde funciona o Sistema Modular. Essa e a grande verdade."
Mostrar mais comentários [+]
Siga-me

Lojas do Tem! (Classificados)


IT Center
Shopping Pátio Belém - 2o piso
Shopping Castanheira - 1o piso
Gaspar Viana, nº 778
Yamada Plaza (Av. Gov. José Malcher)
Yamada Plaza (Castanhal)
Formosa Duque (Subsolo)
Formosa Cidade Nova (Subsolo)
RBA - Av. Almirante Barroso, 2190


Call Center Tem! (Classificados)
(91) 4006-8000

Fale Conosco

(91) 3084-0100

Central do Assinante

(91) 4006-8000

Endereço

Av. Almirante Barroso, 2190
CEP 66095.000 - Belém-PA

Redação


(91) 3084-0119
(91) 3084-0120
(91) 3084-0126
(91) 3084-0100

Ramais: 0209, 0210 e 0211

Twitter