Notícias Esporte Você Comunidade

ROUBO DE VEÍCULOS

Quadrilhas especializadas agem em várias etapas

Bola
Publicidade

Domingo, 10/03/2013, 05h41

Remo e Tuna fazem o jogo mais importante da rodada

Tamanho da fonte:

Depois de realizarem boas estreias no segundo turno do Campeonato Paraense, Clube do Remo e Tuna Luso se encontram hoje à tarde, às 16h, no estádio Baenão, para um clássico cheio de boas expectativas. O Remo vem de uma vitória aguerrida em cima do Santa Cruz de Cuiarana. A Tuna, por sua vez, se reabilitou de um primeiro turno vergonhoso, com uma bela vitória por 4 a 1 em cima do Águia de Marabá, time classificado para a Série C.

As boas estreias devem levar bom público ao Baenão que, por sinal, marca a sua reabertura depois de um quase um mês em obras, porém, ainda não ampliado, já que rampa na área do Carrossel ainda não foi concluída. “A chuva atrapalhou muito. O arquiteto da obra me informou que a entrega, prevista para o dia 15, passou para o dia 22 de março”, explica Zeca Pirão, vice-presidente do Remo. 

Independente disso, Leão e Águia entrarão determinados a darem continuidade às jornadas anteriores, mesmo cada equipe entrando com sérios desfalques em suas laterais.

No lado azulino, existe a ausência certa do ala esquerdo Berg, expulso contra o Santa Cruz. O mais provável a herdar essa vaga é o garoto Alex Ruan, cria das categorias de base do clube. O zagueiro Zé Antônio sentiu dores no joelho ao final da última partida. Caso não seja escalado, Henrique, tranquilamente, assume a vaga. 

Na Cruz de Malta, o lateral-direito Sinésio está entregue ao departamento médico desde sexta-feira. Entretanto, a maior surpresa da partida pode ser feita pelo técnico Flávio Araújo: vai ou não mudar de esquema tático?

Flávio Araújo ensaia o velho esquema 4-4-2

O pré-jogo Clube do Remo e Tuna Luso começou com uma convocação feita pelo técnico Flávio Araújo, logo após a vitória contra o Santa Cruz, por 3 a 2, quando o treinador disse: “Quero que domingo o torcedor mais azul da Amazônia possa colocar 10 mil pessoas no Baenão”.

Porém, mais do que os 10 mil torcedores o que Flávio Araújo mais deseja é ver seu esquema tático dar certo. O 3-5-2 é a armação que vem sendo utilizada até agora, mas ensaios no 4-4-2 já aconteceram nas últimas semanas. E a chegada dos reforços Diogo Capela e Clébson só faz crescer a expectativa para a mudança de formação. 

Para esse jogo, inclusive, o treinador tem uma opção direta para essa alteração tática. O zagueiro Zé Antônio esteve todos os últimos dias em tratamento do joelho e pode dar lugar a um meio-campista. Se isso ocorrer, naturalmente, o esquema passa para quatro homens na defesa e no meio. Entretanto, o treinador, a cada dia, demonstra que ainda não chegou a um denominador comum na equipe.

Ao final da partida diante do Tigre do Salgado, Flávio fez bons comentários à dupla Jhonnathan e Gerônimo, os volantes da meiuca azulina. “O Gerônimo e Jhonnathan fizeram uma boa parida, com o Jhonnathan, inclusive, jogando mais avançado, se aproximando muito de uma função de um meia”, acredita. É bom está atento, os 10 mil torcedores vão cobrar Flávio... 

Mistério faz parte da estratégia do lado remista

O mistério continua sendo a tônica nas escalações do Clube do Remo. Mais que isso, o mistério tem se transformado em armas nos últimos jogos do Leão no campeonato. O técnico Flávio Araújo já fez seis alterações na equipe durante as semifinal do primeiro turno. Ele já colocou Ramon no lugar do badalado Thiago Galhardo no meio de campo e, no último jogo, insinuou que escalaria o volante Tragodara na lateral direita, mas foi com o Gerônimo.

Para o jogo de logo mais, diante da Tuna Luso, em casa, a postura é mesma. Tanto no mistério da escalação, quanto dentro de campo. Afinal, não há motivos para desvendar o segredo e, de certa forma, ajudar o adversário. “A escalação só iremos liberemos minutos antes do início da partida”, enfatizou Flávio Araújo, falando também da postura da equipe que joga a sua vida neste segundo turno. “Mas o mais importante é que o time vai continuar com a mesma determinação que demonstrou contra o Santa Cruz, tendo força para buscar resultados até o minuto final”, afirmou, lembrando do gol nos acréscimos de Thiago Galhardo que determinou os números finais a última partida remista.

O grande mistério de Flávio é a questão do zagueiro Zé Antônio. Ele bateu o joelho no último jogo e ficou de fora de todas as movimentações pré-jogo. O defensor, demonstrando não querer ficar de fora do clássico contra a Tuna, afirma que vai entrar. Entretanto, um veto do departamento médico deixa o comandante azulino com duas opções. A primeira se trata da mais natural. O zagueiro Henrique ocuparia o lugar. Caso queira ser mais ousado, Araújo pode colocar mais um meio-campista no lugar de Zé e mudar o sistema tático para o 4-4-2.

A alteração mais radical resultaria na estreia do meia Clébson, recém contratado. O ex-Salgueiro (PE) criou expectativa na torcida azulina depois de notícias vinda de Recife, capital pernambucana. A torcida do Salgueiro se revoltou com a saída do seu camisa 10 e vive momentos de conflito com os diretores.

EM NÚMEROS

3-5-2

Flávio tem a opção de jogar no esquema que vem utilizando em todos os jogos do campeonato estadual. Se Zé Antônio, lesionado, não puder jogar, entrará Henrique, também zagueiro.

4-4-2

Na hipótese de Zé Antônio não jogar ou até mesmo por opção do treinador Flávio Araújo, o Leão pode testar o esquema mais tradicional para fortalecer a criação de jogadas ofensivas no meio-campo.

Ala Alex Ruan está bem cotado

Apesar do jogo de esconde-esconde promovido pela comissão técnica azulina à respeito dos 11 escolhidos para começar jogo, uma substituição é inevitável nesse time. O lateral-esquerdo Berg foi expulso na última partida e, portanto, desfalca a equipe. O titular foi protagonista de um lance de pênalti no jogo contra o Santa Cruz. O árbitro alegou que Berg usou a mão para barrar um chute. 

Para a vaga, Flávio foi mais claro. Elogiou bastante o garoto Alex Ruan, cria das categorias de base do Remo. “O Alex é um atleta que vem treinando bem, treinando forte e me agradando bastante. É muito provável que ele entre no time”, disse. Se a escalação de Alex Ruan se consumar, será a primeira chance do garoto neste campeonato. E mais: dois jogadores da base estarão entre os titulares. O primeiro é o volante Jhonnathan, titular desde a reta final do primeiro turno. 

O lateral Alex Ruan admite o nervosismo, mas garante que está preparado para assumir o posto do titular. “Está dando um frio na barriga, mas estou concentrado para esse jogo. A gente sabe do potencial do Berg, é um jogador excelente. Mas, a gente vem trabalhando forte para essa oportunidade aparecer. Como sempre digo: ‘quem trabalha, Deus ajuda”, confia. 

(Diário do Pará)

Siga-me

Lojas do Tem! (Classificados)


IT Center
Shopping Pátio Belém - 2o piso
Shopping Castanheira - 1o piso
Gaspar Viana, nº 778
Yamada Plaza (Av. Gov. José Malcher)
Yamada Plaza (Castanhal)
Formosa Duque (Subsolo)
Formosa Cidade Nova (Subsolo)
RBA - Av. Almirante Barroso, 2190


Call Center Tem! (Classificados)
(91) 4006-8000

Fale Conosco

(91) 3084-0100

Central do Assinante

(91) 4006-8000

Endereço

Av. Almirante Barroso, 2190
CEP 66095.000 - Belém-PA

Redação


(91) 3084-0119
(91) 3084-0120
(91) 3084-0126
(91) 3084-0100

Ramais: 0209, 0210 e 0211

Twitter