Notícias Esporte Você Comunidade

SOBRE DESIGUALDADES

IBGE informa que dados da Pnad tinham erros

Pará
Publicidade

Sexta-feira, 22/03/2013, 07h47

Pará recebe campanha de combate à hanseníase

Tamanho da fonte:

No Pará, 61 municípios fazem parte da Campanha Nacional de Combate à Hanseníase e Verminose, lançada no dia 18 pelo Ministério da Saúde (MS). A campanha visa identificar casos suspeitos da doença em estudantes entre 5 a 14 anos do ensino fundamental da rede pública. Com o tema “Hanseníase e Verminoses têm cura. É hora de prevenir e tratar”, a mobilização da campanha irá até e as ações vão até o final desse semestre, sob orientação da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). 

A campanha está sendo realizada nas escolas localizadas em cidades de grande incidência de casos de Hanseníase. Os municípios identificados foram classificados como prioritários pelo MS. No Estado, há 996.490 estudantes em 5.900 escolas publicas de Ensino Fundamental distribuídas nas cidades onde será realizada a campanha.

Em levantamento realizado pelo MS foram identificados casos de hanseníase em jovens menores de 15 anos. No Pará, em 2011 foram registrados 3.876 casos da doença, incluído 412 pessoas com menos de 15 anos. Já no ano passado foram notificados 3.578 novos casos, dos quais 345 em menores de 15. 

De acordo com a enfermeira, Jovina Malcher, integrante da equipe técnica da Coordenação do Programa Estadual de Controle à Hanseníase, essa primeira semana da campanha será de mobilização e sensibilização com os diretores e professores. Aos pais dos alunos será entregue um termo de consentimento em que os responsáveis deverão assinar o documento para que o estudante possa tomar o medicamento, caso seja diagnosticada a doença. 

AÇÕES

Jovina esclarece que para identificar os casos suspeitos de hanseníase será feito pelos pais um pré-exame. “Será entregue aos pais uma ficha de auto-imagem, nela estará desenhando um corpo humano. Os pais irão procurar se no corpo do filho há manchas, e apontar na ficha o local dessa mancha. Nela há também um questionário para saber se essa mancha coça, ou não, se é vermelha. Essas informações são uma busca de dados para se identificar a doença.”, ressalta. 

Ela diz que “é importante que essa família, do caso examinado, procure também tratamento, a hanseníase é uma doença infecto-contagiosa, mas devemos lembrar que tem cura”.

Para o tratamento da verminose a enfermeira conta que a medicação será dada a todos os alunos por meio de pílula dose única. De acordo com a Organização Mundial de Saúde, ambas fazem parte de um grupo de doenças que são negligenciadas”.

DOENÇA

A hanseníase é uma doença infecto-contagiosa e transmitida entre as pessoas após contato direto e prolongado. Os sintomas são manchas pelo corpo com alterações de sensibilidade e dormência. O tratamento da hanseníase tem cura e o medicamento é gratuito nas unidades de saúde.

(Diário do Pará)

Siga-me

Lojas do Tem! (Classificados)


IT Center
Shopping Pátio Belém - 2o piso
Shopping Castanheira - 1o piso
Gaspar Viana, nº 778
Yamada Plaza (Av. Gov. José Malcher)
Yamada Plaza (Castanhal)
Formosa Duque (Subsolo)
Formosa Cidade Nova (Subsolo)
RBA - Av. Almirante Barroso, 2190


Call Center Tem! (Classificados)
(91) 4006-8000

Fale Conosco

(91) 3084-0100

Central do Assinante

(91) 4006-8000

Endereço

Av. Almirante Barroso, 2190
CEP 66095.000 - Belém-PA

Redação


(91) 3084-0119
(91) 3084-0120
(91) 3084-0126
(91) 3084-0100

Ramais: 0209, 0210 e 0211

Twitter