Notícias Esporte Você Comunidade

DIEESE

Preço do caranguejo teve reajuste de 10,37%

Pará
Publicidade

Quarta-feira, 11/03/2009, 16h06

Profissionais de beleza aprendem a evitar doenças

Tamanho da fonte:

Um estudo da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo constatou que uma em cada 10 manicures daquele Estado tem hepatite B ou C devido à falta de medidas de segurança necessárias para evitar o contágio. Muitas sequer sabem os riscos aos quais estão expostas na profissão.

Para iniciar um trabalho de conscientização desses trabalhadores no Pará, a Coordenação Estadual de DST/Aids da Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) promoveu, na tarde de segunda-feira (09), a primeira "Capacitação de Cabeleireiros e Manicures para Prevenção de Exposição Ocupacional ao HIV e Hepatites Virais".

Foram convidados dois profissionais de salões que funcionam na Grande Belém. Segundo a farmacêutica Ângela Marques, que trabalha na Coordenação Estadual, a ideia da capacitação surgiu em uma reunião entre técnicos da Coordenação que tomaram conhecimento da pesquisa realizada em São Paulo.

Segundo Ângela Marques, o convite foi feito a profissionais de salões de beleza populares e mais requintados. Cerca de 60 profissionais, entre manicures, pedicures e cabeleireiros, assistiram às palestras.

Temática - Foram discutidos os seguintes temas: O que é e como acontece a exposição ocupacional ao vírus HIV e de hepatites em profissionais de salão de beleza; as principais doenças que podem ser transmitidas nas atividades em salões e quais as medidas adotadas para prevenção do HIV e das hepatites virais.

Francisca do Socorro Lopes, tesoureira do Sindicato dos Oficiais Barbeiros, Cabeleireiros e Similares do Pará, disse que após essa primeira iniciativa da Sespa, o sindicato e a secretaria trabalharão em parceria para capacitar outros profissionais que possam repassar as informações para colegas nos ambientes de trabalho.

Segundo ela, 70% dos profissionais da área aprendem a profissão no "olho", sem passagem por uma instituição que ensine as técnicas e requisitos exigidos pelo ofício. Isso, disse a tesoureira, faz com que muitos desconheçam as medidas de higiene e as formas de esterilização do material para evitar a contaminação.

Para Ângela Marques, os palestrantes conseguiram sensibilizar os profissionais para o cuidado pessoal e com a clientela. Ela disse ainda que a Coordenação pretende continuar as capacitações neste primeiro semestre.

O próximo município a receber o treinamento será Marabá, no dia 16 de março, ministrado por profissionais da região sudeste do Pará.

Resultados - A pesquisa em São Paulo foi feita com 100 manicures que trabalham em salões de diferentes bairros da capital paulista. A equipe colheu amostras de sangue e preencheu um questionário individual. Foram encontrados vírus do tipo B e C. A maioria desconhece as formas de transmissão e como se proteger. A vacina para imunizar contra o tipo B da doença é oferecida pelo Sistema Único de Saúde(SUS).

A pesquisa mostrou ainda que apenas 26% das manicures esterilizam seus instrumentos - e muitas nem sabem usar o equipamento considerado mais adequado, o autoclave, e 54% dispõem de estufa mas não utilizam com a temperatura correta. O uso de forninho de cozinha, totalmente inadequado, foi citado por 8% das manicures. Muitas também ignoram qualquer método de esterilização.

Em relação à higiene básica, 74% afirmaram que sempre lavam as mãos antes e depois de cada atendimento, mas esse hábito não foi identificado pelos pesquisadores durante os dias em que estiveram nos salões. (Ascom/Sespa)

Siga-me

Lojas do Tem! (Classificados)


IT Center
Shopping Pátio Belém - 2o piso
Shopping Castanheira - 1o piso
Gaspar Viana, nº 778
Yamada Plaza (Av. Gov. José Malcher)
Yamada Plaza (Castanhal)
Formosa Duque (Subsolo)
Formosa Cidade Nova (Subsolo)
RBA - Av. Almirante Barroso, 2190


Call Center Tem! (Classificados)
(91) 4006-8000

Fale Conosco

(91) 3084-0100

Central do Assinante

(91) 4006-8000

Endereço

Av. Almirante Barroso, 2190
CEP 66095.000 - Belém-PA

Redação


(91) 3084-0119
(91) 3084-0120
(91) 3084-0126
(91) 3084-0100

Ramais: 0209, 0210 e 0211

Twitter