Notícias Esporte Você Comunidade

ELEIÇÕES 2014

Horário gratuito começa dia 19

Pará
Publicidade

Quinta-feira, 22/04/2010, 07h34

Usina de Belo Monte pode gerar 42 mil empregos

Tamanho da fonte:

A construção da hidrelétrica de Belo Monte, no rio Xingu, cujo leilão foi realizado anteontem pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), vai gerar perto de 42 mil empregos, segundo estimativas da Eletrobrás. A estatal calcula que o empreendimento, orçado em R$ 19 bilhões, vai propiciar a criação de 18.700 postos diretos de trabalho e outros 23 mil indiretos.

Segundo cálculos da Eletrobrás, a operação da usina de Belo Monte proporcionará por ano uma arrecadação de cerca de R$ 170 milhões a título de compensação financeira pela utilização de recursos hídricos, os chamados royalties

sobre a produção de energia elétrica. Trata-se de um valor muito parecido ao que é pago anualmente pela hidrelétrica de Tucuruí, no rio Tocantins. Segundo a Eletrobrás, os royalties de Belo Monte serão distribuídos entre o Estado do Pará e o município onde se localizará a usina (Brasil Novo), entre outros, na forma regulamentada pela Aneel.

O projeto de construção da hidrelétrica prevê também, nos estudos ambientais e na licença prévia, um variado conjunto de ações na área social e de caráter urbanístico. Entre essas ações, a Telebrás destaca investimentos em saneamento básico – incluindo coleta e tratamento de esgoto, tratamento e abastecimento de água e construção de aterro sanitário –, desenvolvimento de projeto de drenagem urbana e recuperação urbanística e ambiental da orla do Xingu e dos igarapés.

Nos estudos está contemplado também o reassentamento da população residente às margens dos igarapés. Ao todo são 4.232 famílias cadastradas, o que corresponde a mais de 16 mil pessoas. Essas famílias hoje vivem precariamente em palafitas construídas nos barrancos ou sobre as águas poluídas dos igarapés Altamira, Ambé e Panelas, em condições de extrema insegurança e insalubridade.

Ao contrário do que tem sido propalado pelas organizações que se opõem à execução da obra, Belo Monte não exigirá o deslocamento de índios que vivem na região do Xingu no Pará, de acordo com informação prestada ontem pela direção da Eletrobrás. “O empreendimento não afeta diretamente nenhuma

comunidade indígena”, informou a empresa, através de sua assessoria.

Acrescentou que, próximo ao ponto onde será construída a hidrelétrica, estão localizadas as terras indígenas Paquiçamba e Arara da Volta Grande do Xingu (no rio Xingu) e a aldeia indígena juruna do Km 17 (junto à PA-415). A população total dessas três comunidades, segundo a Eletrobrás, é hoje de 226 habitantes. A empresa ressaltou que foram realizados estudos etnoecológicos, de acordo com procedimentos estabelecidos pela Funai, para que se pudesse conhecer mais detalhadamente essas comunidades e para as quais foram propostos programas específicos.

O projeto elaborado pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), do Ministério de Minas e Energia, prevê a montagem de duas casas de força em Belo Monte, sendo uma principal, com 18 turbinas tipo Francis com 611,11 MW cada, e a complementar, com seis turbinas tipo Bulbo de 39,9 MW, totalizando 11.233,4 MW de capacidade para Belo Monte. O projeto da EPE está disponível para consulta na página da Aneel na internet. (Diário do Pará)

Comentários Recentes

  • marcos antonio barbeiro disse: Comentário postado em 13/02 Segunda-feira às 22:56h "ola boa noite gostaria de fazer parte da equipe de trabalhadores de belo monte ja trabalhei na obra do giral numa empresa tercerisada.gostaria de conseguir um contato,um telefone ou email de uma empresa que esteja fazendo parte desta obra obrigado.
    "
  • YARLA SANTOS DE FIGUEIREDO LIMA disse: Comentário postado em 09/10 Domingo às 12:41h "Olá, sou enfermeira e gostaria de saber como faço para enviar meu curriculo para trabalhar em Belo Monte. Por favor quem souber dessa informação responda-me. Obrigada."
  • alexis sarmento disse: Comentário postado em 06/10 Quinta-feira às 12:32h "sou formado em tec segurança do trabalho, gostvriv de trabalha em belo monte"
  • antonio josé lopes des sousa disse: Comentário postado em 26/08 Sexta-feira às 13:10h "gostária de saber como entrego meu curriculo,pois sou encarregado de obras,trabalhei dois(2)anos e cinco meses na hidreletrica de Estreito Ma,e no momento estou desenpregado,queria muito ir trabalhar ai. como faço?"
  • sndra maria pereira de sousa disse: Comentário postado em 26/08 Sexta-feira às 13:05h "Boa Tarde: gente gostária muito de trabalhar na hidreletrica de belo monte,sou Enfermeira formada,pós graduada em Enfermagem do trabalho,e com disponibilidade para trabalho sou casada mais não tenho filhos,e seria uma honra fazer parte da Equipe de segurança do trabalho,dessa obra gigantesca a Hidrelétrica de belo monte,por favor mim ajudem como faço pra mandar o meu curriculo,mim mandem um email,telefone,qualquer meio de comunicção. Desde já agradeço."
Mostrar mais comentários [+]
Siga-me

Lojas do Tem! (Classificados)


IT Center
Shopping Pátio Belém - 2o piso
Shopping Castanheira - 1o piso
Gaspar Viana, nº 778
Yamada Plaza (Av. Gov. José Malcher)
Yamada Plaza (Castanhal)
Formosa Duque (Subsolo)
Formosa Cidade Nova (Subsolo)
RBA - Av. Almirante Barroso, 2190


Call Center Tem! (Classificados)
(91) 4006-8000

Fale Conosco

(91) 3084-0100

Central do Assinante

(91) 4006-8000

Endereço

Av. Almirante Barroso, 2190
CEP 66095.000 - Belém-PA

Redação


(91) 3084-0119
(91) 3084-0120
(91) 3084-0126
(91) 3084-0100

Ramais: 0209, 0210 e 0211

Twitter